ELBER GELADEIRAS

Geladeiras para Caminhões

ELBER GELADEIRAS

Geladeiras Náuticas

ELBER GELADEIRAS

Geladeiras para Vans

ELBER GELADEIRAS

Geladeiras para Ônibus

ELBER GELADEIRAS

Projetos Especiais

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Automec - Elber Geladeiras



quarta-feira, 19 de abril de 2017

Automec


quarta-feira, 12 de abril de 2017

Freio-motor: quando e por que utilizar


Apesar de ser um recurso simples, muita gente tem dúvidas a respeito do freio-motor. Ao sentir o motor segurar o pesado e subir o giro, muitos têm a impressão que ele está gastando mais combustível e desgastando suas peças. Entretanto, essa impressão está completamente errada.

Por que usar? Desde que usado no momento correto, o freio motor ajuda a:
· Reduzir o consumo de combustível – não há ingestão de combustível sem o acionamento do pedal acelerador
· Preservar os freios do caminhão – são utilizados com menos frequência
· Reduzir o risco de acidente, já que aumenta a eficiência de frenagem do veículo.

Quando usar? O momento correto de usá-lo é em descidas, para manter ou reduzir a velocidade do caminhão. Não se preocupe com o aumento dos giros do motor, basta mantê-los dentro do limite utilizando os freios.

Fonte e imagem: Mercedes-Benz

quarta-feira, 5 de abril de 2017

TUNAR O SEU BRUTO


A melhor sensação do mundo é olhar para o seu bruto e ver que ele é a sua cara, não é? Muitos donos de caminhão buscam oficinas especializadas para dar aquele toque extra para que seu caminhão fique com sua cara e semelhança. Seja por luzes de led, uma cor diferente e até rodas cromadas. A essa transformação damos o nome de “tunar”.
Porém, apesar de ser muito bacana, é preciso considerar alguns pontos antes de optar por uma transformação do bruto. Esse post pode orientar e ajudar você a decidir se tunar o seu bruto é uma boa ideia ou não.

QUAL É O SEU ESTILO?
A primeira pergunta a que você deve responder é com quais itens você se identifica, se não irá cansar de algum elemento e, principalmente, se não é uma modinha, se aquele é realmente seu estilo. Caso contrário, você pode gastar um bom dinheiro para algo que você irá “enjoar” em pouco tempo.

ISSO PODE ATRAPALHAR MEU TRABALHO?
Você deve analisar de qual forma a apresentação de seu bruto poderá afetar no seu trabalho. Algumas empresas não aceitam caminhões fora do padrão e, dependendo de sua área de atuação, pode colocar alguns contratos em risco.

PENSA EM VENDER SEU CAMINHÃO NO FUTURO?
Tunar um caminhão exige um grande investimento, além de poder fazer seu caminhão perder valor comercial. Algumas implementações podem gerar custos extras, há a questão da sua escolha de personalização, o que pode fazer um tunado ser uma opção difícil de vender.

NÃO É UMA VONTADE PASSAGEIRA?
Lembre-se que essa é uma escolha sem volta! Por isso, é preciso ter certeza do que está fazendo para não jogar dinheiro fora. Só procure a oficina se tiver avaliado, repensado e estiver certo de que você deseja essa transformação. Bom, faça essa listinha em um papel e você deverá responder “sim” para todos os itens se deseja fazer essa escolha. Por isso, reflita e não aja por impulso.


Fonte: Iveco

quarta-feira, 29 de março de 2017

COMO DRIBLAR O SONO NA ESTRADA

Sono! Um dos grandes vilões dos caminhoneiros! Muitos acidentes e problemas nas vias são ocasionados por cansaço ou sonolência no volante. De acordo com o Departamento de Medicina Ocupacional da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), esses fatores são responsáveis por 60% dos acidentes de trânsito brasileiros.
Imagem reprodução

Mas como ficar desperto durante as longas horas nas estradas? Separamos algumas dicas simples de ser incorporadas no cotidiano e prometem ser grandes aliadas!

TENHA UMA BOA NOITE DE SONO
Pode parecer bobo, mas nunca pegue estrada depois de uma noite maldormida! São necessárias 8 horas no mínimo para que o organismo se sinta descansado e disposto, além de deixar seu cérebro alerta. Além disso, a falta de sono pode deixar o motorista nervoso e ansioso, sendo um fator perigoso quando o assunto é carro + autopistas.

NÃO “MASCARE” O SONO
Existem inúmeras soluções que prometem espantar o sono como o café, energético e até misturas duvidosas. Mas fica um alerta: essas substâncias não despertam a pessoa por completo e não levam a sonolência embora. Ou seja, você se sentirá cansado da mesma forma, estará vulnerável e correndo riscos.

PROGRAME PAUSAS DURANTE O TRAJETO
Se a viagem for muito longa, planeje algumas paradas durante o trajeto. Essas pequenas pausas são essenciais para manter a energia. O ideal é fazer um repouso a cada duas horas atrás do volante. Mas, caso você esteja sentindo seu corpo muito pesado, não hesite em parar em um local próximo e retomar a viagem apenas no dia seguinte.

EVITE DIRIGIR À NOITE
Se possível, evite dirigir de noite, de madrugada e logo após o almoço. Esses são os três horários em que o corpo tem uma baixa na temperatura e o organismo fica mais lento. Assim, a pessoa fica com muito sono e desatenta. Prefira os horários logo pela manhã ou do meio para o fim da tarde.

NÃO FAÇA LONGAS JORNADAS E PEGUE ESTRADA
Pesquisas já apontam que, após uma jornada de 9 horas de trabalho, a pessoa não está mais apta para dirigir e que seus sentidos já não são mais confiáveis. Assim, depois de longas jornadas, o ideal é adiar a viagem para o próximo dia. A segurança deve ser o item número um na lista de qualquer estradeiro! Por isso, certifique-se de que você se sente bem, descansado e disposto para pegar uma longa estrada.


Fonte: blogiveco.com.br

quarta-feira, 22 de março de 2017

Diferença de cada lona para o seu caminhão


No momento em que estamos escolhendo as peças para o nosso bruto nos atentamos a muitos detalhes. Mas, alguma vezes, uma coisa ou outra passa em branco. E a lona pode ser uma delas.

Você já parou para pensar como a lona do seu caminhão pode ser importante? Ela é responsável por proteger a sua carga das interferências do clima ou de objetos externos.
Por isso, a gente vai tentar facilita a sua vida na hora escolher a lona ideal para cada tipo de carga que você estiver transportando.

Para cargas secas, como café, farinha e açúcar, o mais indicado é a lona de algodão. Quando falamos em grãos ou outras matérias-primas, como a areia, o cimento, pedra e carvão, a lona de PVC funciona muito melhor. E se você precisa apenas de uma cobertura para a caçamba, pode optar pela lona de tela mesmo.

Mas além de escolher a lona ideal, não se esqueça que os cuidados com ela também são de extrema importância. Então fique atento à lavagem, secagem ou ao uso de produtos muito fortes. E claro, sempre, sempre, cheque se a sua lona está bem presa ao caminhão.



Fonte texto e imagem: http://blogcaminhao.mercedes-benz.com.br

quarta-feira, 1 de março de 2017

Dicas de economia para o cotidiano do caminhoneiro

Imagem reprodução

Aliar desempenho, rentabilidade e economia é o grande desafio do profissional que utiliza o caminhão no seu cotidiano. Para ter bons resultados, há uma série de itens que devem ser observados no momento de comprar ou trocar seu veículo de carga. Abaixo, algumas dicas:

- Escolha o caminhão mais adequado para o tipo de trabalho que você irá realizar levando em consideração a carga, a potência do motor, número de marchas e o consumo de combustível.

- Procure um bom concessionário e converse com colegas antes de fechar negócio e adquirir um novo caminhão.

- Por mais que utilizar um motor potente seja prazeroso, nunca exceda o limite de velocidade estipulado. Uma maior velocidade se traduz em mais riscos de acidente e aumento no consumo do combustível, além de emitir mais gases poluentes na atmosfera.

- Observe o que o conta-giros do motor informa. Quando o veículo atinge a faixa verde mostrada pelo equipamento, isso quer dizer que o torque do motor e o consumo estão em equilíbrio.

- No momento de abastecer, sempre desconfie do diesel vendido a um preço muito abaixo do praticado pela maioria dos postos. Há grande risco do óleo estar "batizado", o que vai aumentar o consumo e a poluição.

- Mantenha os pneus na calibragem ideal, pois, quando murchos, eles aumentam o consumo de diesel e se deterioram com maior rapidez; assim como, quando muito cheios, aumentam os riscos de corte. 


Fonte: Blog do Caminhão Mercedes-Benz 
Postagens mais antigas  → Página inicial